Notícias

Esse canal é atualizado de segunda a sexta-feira, das 8 às 18 horas. Nele você encontra notícias sobre a empresa e os boletins enviados para a imprensa.

Para informações de tráfego, consulte o Twitter e o mapa interativo do site.

Assessoria de imprensa: (41) 3381-6577 ou pelo imprensa@ecovia.com.br.

Ecovia comemora Dia do Caminhoneiro celebrando as vidas salvas com área de escape

Publicado em 15 de set de 2020 às 15:00

Em 20 meses, equipamento foi utilizado 31 vezes. Concessionária e PRF alertam para os cuidados que os caminhoneiros precisam ter antes de viajar

 

 

“Salvou a minha vida”. Essa foi a expressão mais usada pelos 31 caminhoneiros que nos últimos 20 meses usaram a área de escape do km 36,5 da BR-277, na Serra do Mar. “Eu vinha carregado com 16 toneladas de farelo de soja e no paredão (km 40) senti que estava sem freios no caminhão. Como já tinha passado pela sinalização indicativa da área de escape, comecei a me posicionar para entrar nela sem colocar a minha vida e a dos outros em risco. Graças a Deus, consegui salvar minha vida e tive a sensação de estar numa rodovia segura”, conta Geovani Araudo, motorista há 18 anos e morador de Ponta Grossa-PR.

 

Inaugurada em dezembro de 2018, a área de escape já foi usada 31 vezes por caminhoneiros que apresentaram problemas de freios em seus caminhões. Construída pela concessionária Ecovia, empresa do grupo EcoRodovias que administra o trecho Curitiba-Litoral da BR-277, além das PRs 407 e 508, o equipamento possui 180 metros de extensão e profundidade máxima de 1,4 metro, todo preenchido por argila expandida para melhor absorver o impacto e minimizar danos aos veículos.

 

Apesar desse dispositivo estar instalado antes do trecho mais sinuoso da BR-277 sentido Litoral, o motorista pode evitar o uso deixando em dia as revisões de seus caminhões e veículos. “A nossa área de escape deve ser acessada como última opção e de forma alguma os caminhoneiros devem negligenciar a troca de um pneu, as revisões nos freios e todo o resto”, destaca Marcelo Belão, gerente de Atendimento ao Usuário da Ecovia.

 

Assim que um veículo entra na área de escape, sensores são acionados de forma imediata e o Centro de Controle Operacional da Ecovia já direciona o recurso mais próximo ao local para atendimento ao usuário. “Uma de nossas bases está localizada a menos de dois quilômetros, com guinchos e, se necessário, equipes de resgates”, afirma Belão.

 

Excesso de peso

 

Muitos caminhoneiros colocam pessoas em risco de vida quando andam carregados acima do permitido por lei. Por isso, as balanças de pesagem localizadas nos km 62 (sentido Litoral) e 30 (sentido Curitiba) da BR-277 ajudam nessa aferição.

 

“Somente nesse ano, nas rodovias federais do Paraná, foram mais de 4,7 mil toneladas de carga excedente em caminhões. Um caminhão com peso extra vai além da danificação das rodovias, podendo causar graves acidentes com o dano estrutural e na mecânica do caminhão, já que foi projetado para um peso específico, gerando um aumento no esforço do caminhão, principalmente nas estradas íngremes”, comenta o policial rodoviário federal Luis Maciel Júnior.

 

Ao viajar pela BR-277 no trecho Curitiba-Litoral, motoristas e passageiros devem salvar o telefone 0800 410 277, que pode ser acessado para solicitar serviços de atendimento a panes, remoções, guinchos e até para avisar sobre a presença de animais na pista. A conta de Twitter @ecovia é atualizada periodicamente durante o dia com informações sobre as condições de tráfego na rodovia, sendo uma fonte de consulta importante para programar a viagem. O usuário também pode seguir a conta do Instagram @ecoviapr para se comunicar com a concessionária e compartilhar imagens da rodovia. Além disso, o usuário também pode baixar gratuitamente o aplicativo EcoRodovias em seu smartphone e ter todas as informações da rodovia na palma da mão.