Notícias

Esse canal é atualizado de segunda a sexta-feira, das 8 às 18 horas. Nele você encontra notícias sobre a empresa e os boletins enviados para a imprensa.

Para informações de tráfego, consulte o Twitter e o mapa interativo do site.

Acidentes diminuem em trecho da BR-277 que teve limite de velocidade reduzido para 80 km/h

Publicado em 04 de jul de 2019 às 15:00

Mudança foi implementada em julho do ano passado e complementou investimentos realizados na segurança de trânsito entre os km 70 e 74

 

 

Após um ano da redução do limite de velocidade entre os km 70 e 74 da BR-277, em São José dos Pinhais, a Polícia Rodoviária Federal registrou uma redução de 10% no número de acidentes naquele trecho, que caiu de 113 (julho/2017 a junho/2018) para 103 (julho/2018 a junho/2019). O limite de velocidade nesses quatro quilômetros, entre a fábrica da Renault e a av. Rui Barbosa, foi reduzido de 110 km/h para 80 km/h para todo tipo de veículo, atendendo pedidos dos moradores da região e estudos da concessionária Ecovia, empresa do Grupo Ecorodovias que administra a BR-277 no trecho Curitiba-Litoral e as PRs 407 e 508.

 

“A redução do limite de velocidade foi uma medida necessária e eficaz para complementar os investimentos realizados pela concessionária em segurança no trânsito naquele trecho urbano da rodovia”, afirma Marcelo Belão, gerente de Atendimento ao Usuário da Ecovia. “Somente no ano passado, implementamos duas passarelas para pedestres nesses quatro quilômetros da BR-277. Também investimos sempre em educação ligada à segurança viária”, destaca.

 

Para estimular a utilização dessas passarelas, a Ecovia instalou defensas metálicas ao longo do canteiro central da BR-277, desde o km 73 até o km 83, evitando as travessias pelo nível da pista, o que praticamente zerou o número de atropelamentos no trecho.

 

Belão ressalta a importância das passarelas para a segurança dos pedestres das comunidades que margeiam a rodovia. “Hoje, temos 16 passarelas instaladas ao longo do trecho concessionado, 11 a mais do previsto inicialmente no Contrato de Concessão”, comenta.

  

Ao dirigir acima da velocidade máxima permitida, o motorista pode ser autuado por infração média (até 20% acima), grave (de 20% a 50% acima) ou gravíssima (acima de 50%). “ Excesso de velocidade foi a terceira principal causa de acidentes fatais no primeiro trimestre deste ano nas rodovias federais do Paraná. Quem respeita os limites máximos de velocidade reduz, e muito, o risco de se envolver em acidentes graves”, explica Fernando Oliveira, chefe de Comunicação da Polícia Rodoviária Federal.

 

Ao viajar pela BR-277 no trecho Curitiba-Litoral, a Ecovia indica que motoristas e passageiros tenham em mãos o telefone 0800 410 277, que pode ser acessado para solicitar serviços de atendimento a panes, remoções e guinchos. A conta de Twitter @ecovia é atualizada periodicamente durante o dia com informações sobre as condições de tráfego na rodovia, sendo uma fonte de consulta importante para programar a viagem. Além disso, o usuário também pode baixar gratuitamente o aplicativo Ecorodovias em seu smartphone e ter todas as informações da rodovia na palma da mão.