Notícias

Esse canal é atualizado de segunda a sexta-feira, das 8 às 18 horas. Nele você encontra notícias sobre a empresa e os boletins enviados para a imprensa.

Para informações de tráfego, consulte o Twitter e o mapa interativo do site.

Assessoria de imprensa: (41) 3381-6577 ou pelo imprensa@ecovia.com.br.

Ações da Ecovia contra a Covid-19 impactam mais de 23 mil usuários em 5 meses

Publicado em 01 de set de 2020 às 07:30

Ações da Ecovia contra a Covid-19 impactam mais de 23 mil usuários em 5 meses

 

Concessionária reforça recomendações para combate à pandemia

 

Mais de vinte e três mil usuários foram diretamente impactados pelas ações de combate à Covid-19 promovidas pela concessionária Ecovia, empresa do Grupo EcoRodovias responsável pela administração do trecho Curitiba-Litoral da BR-277, além das PRs 407 e 508. Os números compreendem o período entre março e agosto deste ano e incluem medidas de prevenção e conscientização realizadas na Praça de Pedágio, nos postos de Serviço de Atendimento ao Usuário (SAUs), em eventos fora da concessão e nas bases policiais espalhadas ao longo das rodovias.

 

Ao longo de mais de cinco meses de pandemia, a Ecovia realizou, em parceria com a PRF, PRE, SEST SENAT, Porto Seguro e Lucca Jr, uma série de campanhas com os motoristas e demais usuários na tentativa de colaborar no enfrentamento da pandemia e reforçar os cuidados da população com a orientação de diversas medidas protetivas. Em sete ações diretas, quase seiscentos usuários tiveram a temperatura aferida e receberam kits com lanches e materiais para a correta higienização das mãos, como álcool gel e sabonete, além de itens como luva e máscara, para reduzir as chances de contágio. No total, vinte e três mil kits de higienização foram entregues aos motoristas que passaram pela praça de pedágio nos últimos meses.

 

“São números impactantes e que mostram a preocupação da concessionária Ecovia em oferecer segurança e conforto aos usuários durante os meses da pandemia. Muita coisa mudou ao longo dos últimos meses, mas a rodovia não parou de funcionar. Pelo contrário: a Ecovia reforçou os cuidados para permitir que aqueles que não podem ficar em casa e precisam viajar, pelos motivos mais variados, cheguem seguros aos seus respectivos destinos”, afirma Thiago Selvo, gerente de Administração do Contrato da Ecovia.

 

Os colaboradores da concessionária também se engajaram em campanhas promovidas por outros órgãos. No mês de maio, como parte das ações voltadas ao Maio Amarelo, a Ecovia esteve presente em ação realizada pela Polícia Rodoviária Federal no trecho urbano da Linha Verde, em frente à sede da PRF em Curitiba, para reforçar a importância do uso das máscaras dentro do veículo, principalmente quando há o transporte de outros passageiros. Durante essa ação, a concessionária colaborou com a distribuição de 300 máscaras protetivas para aqueles que passaram pelo local.

 

Seguindo as orientações das diversas autoridades de saúde, a concessionária também investiu na compra de mais de quinhentos litros de álcool sanitizante em gel, disponibilizados em todos os espaços comuns e nos postos de trabalho – cabines de pedágio, bases de Serviços de Atendimento ao Usuário (SAUs) e bases dos Postos de Pesagens de Veículos. Até o fim do mês de agosto, as equipes de limpeza realizaram um total de quinze sanitizações completas nos espaços da concessionária e também nos locais destinados ao policiamento rodoviário que se encontram na faixa de domínio. Essas ações de higienização dos espaços seguem acontecendo semanalmente na concessão.

 

A concessionária intensificou a comunicação com os caminhoneiros, atualizando constantemente as informações sobre os postos de serviços em funcionamento ao longo do trecho Curitiba-Litoral.   Essa lista está disponível e recebe atualizada no site www.ecovia.com.br e nos perfis da concessionária no Twitter (@ecovia) e Instagram (@ecoviapr). Nas redes sociais, a Ecovia vem reforçando diariamente orientações e sugestões para os seguidores, como o pagamento da tarifa de pedágio por cartão de débito ou

 

 

aproximação, sem contato direto com os colaboradores, reduzindo, desta forma, as chances de transmissão do vírus.

 

Ao viajar pela BR-277 no trecho Curitiba-Litoral, motoristas e passageiros terão disponíveis viaturas operacionais, dentre ambulâncias, guinchos e resgates. A concessionária recomenda que todos salvem o telefone 0800 410 277, que pode ser acessado para solicitar serviços de atendimento a panes, remoções e guinchos. A conta de Twitter @ecovia é atualizada periodicamente durante o dia com informações sobre as condições de tráfego na rodovia, sendo uma fonte de consulta importante para programar a viagem. Além disso, o usuário também pode baixar gratuitamente o aplicativo Ecorodovias em seu smartphone e ter todas as informações da rodovia na palma da mão. O app está disponível nos sistemas operacionais iOS e Android.

 

Sobre a Ecovia – A Ecovia é uma empresa do Grupo Ecorodovias. No Paraná é responsável pela operação e manutenção da BR-277 – rodovia de grande importância comercial e turística na Região Sul, por ligar Curitiba ao Porto de Paranaguá, numa extensão de 84 quilômetros em pista dupla, além dos segmentos rodoviários PR-508 (Alexandra-Matinhos), e PR-407 (Pontal do Paraná). A empresa também presta manutenção nas rodovias de oferta que ligam a BR-277 às cidades de Morretes e Antonina. A Ecovia oferece ainda os Serviços de Atendimento ao Usuário (SAU) nos km 35 e 11 (sentido Paranaguá) e km 61,2 (sentido Curitiba) onde há banheiro, fraldário, café, água e telefone público.

 

Sobre a EcoRodovias - A EcoRodovias é uma das maiores empresas de infraestrutura rodoviária do Brasil e vem expandindo, ao longo dos últimos vinte anos, sua presença em corredores rodoviários de importação e exportação, bem como relevantes eixos turísticos do país. Atualmente, administra 10 concessões de rodovias, que somam mais de 3 mil quilômetros de extensão em oito estados nas regiões Sul, Sudeste, Centro- Oeste e Nordeste do país. A EcoRodovias é também vencedora do leilão que definiu a concessão do trecho norte do Rodoanel Mário Covas (SP-021), em São Paulo. Além disso, gerencia dois ativos logísticos - um pátio regulador e um terminal portuário - que atendem ao Porto de Santos, o maior do Brasil.